A importância de um plano de negócios

Mais do que fundamental, um plano de negócios é extremamente importante para qualquer empresa, aumentando a sua importância quando a mesma está na sua fase inicial. Parecendo muito moroso, se colocarem o vosso plano por escrito é meio caminho andado para o concretizar da melhor forma.

Mas afinal o que é um plano de negócio?

Um plano de negócio, é basicamente um relato detalhado de tudo que compõe o vosso negócio, como a ideia principal, publico alvo, as necessidades que pretendem responder, os dados demográficos entre outros.

Digamos que no plano de negócios devem exprimir os objectivos e a forma de como os pretendem atingir.

Com o plano de negócio elaborado, a tarefa de antecipar possíveis problemas antes que os mesmos se tornem prejudiciais para a saúde da vossa empresa.

Não se preocupem em elaborar um plano de negócios complexo, nos dias que correm são valorizados, planos que sejam de fácil leitura e descomplicados.

Para ajudar a enfrentar a vossa folha em branco, deixaremos algumas dicas:

1. Sumário Executivo: Situação atual do projeto, Oportunidade de negócio, Mercado, Modelo de negócio, Marketing, Aspetos financeiros;
2. Objetivo da Empresa: Objetivos (e, se possível, visão, missão e cultura corporativas);
3. Plano Estratégico: O ambiente global, Microambiente (clientes, fornecedores, concorrência);
4. Estudo de Mercado: Potencial do mercado, Necessidades dos clientes, Barreiras à entrada;
5. Vantagens Competitivas;
6. Clientes Diretos: O comprador, o utilizador final;
7. Plano de Marketing: Definição da mensagem, Clientes e segmentação, Produtos, Preços, Comunicação, Distribuição;
8. Plano de Vendas: Estimulação de vendas, Estimulação comercial;
9. Plano de Operações: Cadeia de valor, Atividades críticas, Sítio web;
10. Organização e Recursos Humanos: Planeamento de recursos humanos, Equipa e responsabilidades, Política de remuneração (salários, prémios e outros benefícios);
11. Plano Financeiro: Plano de investimento, Financiamento, Custos, Recebimentos e pagamentos, Tesouraria, Balanço, Demonstração de resultados;
12. Plano Tecnológico: Abordagem geral, Equipamento de produção, Equipamento de escritório;
13. Estrutura Jurídica;
14. Calendário de Objetivos.

Durante a vida da vossa empresa, o plano deve ser analisado e por vezes reestruturado, pois os mercados mudam constantemente e o vosso plano deve ser flexível ao ponto de também mudar e se adaptar ás necessidades do mercado atual.

Como o programa de faturação pode auxiliar? 

O programa de faturação, não ajuda a criar um plano de negócios, mas sim a concretizar os objetivos expressados no mesmo. Desde a consulta da evolução da empresa á análise do plano financeiro, sendo especialmente importante para cada atualização que seja feita ao vosso plano, pois apenas com o programa de faturação conseguem saber mais rapidamente e em tempo real se o vosso plano está a dar certo ou se é necessário mudar algo.